Matrícula Digital 2014
(Ignorado ou Exterior)

Informações

Matrícula Digital

A matrícula digital tem a finalidade de ofertar uma vaga para o aluno estudar em uma escola da Rede Pública Estadual garantindo o acesso democrático à educação, dinamizando o processo de seleção, respeitando os critérios e diminuindo as filas nas portas das escolas.

Conheça como funciona Matrícula Digital:

ü Alunos que já estudam em uma Escola da Rede Estadual

Se você já estuda em uma Escola da Rede Estadual e deseja dar continuidade aos seus estudos nesta mesma Escola, faça a sua Renovação de Matricula na própria Escola entre os prazos estabelecidos. (você pode obter mais informações nos cartazes da Matricula Digital afixados em sua escola).

Importante: Verifique se esta escola oferece a série subseqüente;

ü Pré-Inscrição (Pedido de Matricula)

Se você se enquadra nos perfis abaixo, você precisa preencher a sua Inscrição:

- Alunos Novos;

- Alunos concluintes do 9° Ano em escola que não ofereça o Ensino Médio;

- Alunos da Rede Estadual que não ofereça série subseqüente;

- Alunos que queiram transferir-se de Escola;

- Alunos que não renovaram sua matricula na própria Escola até o prazo estabelecido;

- Alunos Desistentes;

Se você deseja estudar na Rede Estadual e se enquadre em um destes perfis acima, você pode preencher a sua Inscrição (Pedido de Matricula) para concorrer a uma vaga. Acesse os endereços eletrônicos www.sed.ms.gov.br ou www.matriculadigital.ms.gov.br, de qualquer computador conectado à internet, na sua casa, na escola, no Núcleo de Tecnologia Educacional – NTE sediado no município ou procure as Central de Matricula do seu município (se houver).

É importante saber:

O preenchimento do pedido de matricula e a conferência dos dados e opções são de inteira responsabilidade do aluno;

- Você deve escolher 3 (três) opções de escola de acordo com sua ordem de preferência;

- Zoneamento: Se você optar por zoneamento (4ª opção), unidade escolar mais próxima de sua residência, e não houver nenhuma vaga nas 3 (três) opções escolhidas, você será designado para uma escola mais próxima de sua casa de acordo com a opção de escola que você escolher (definido pela Secretaria de Educação);

O candidato, após preencher o pedido de matricula, terá a opção de imprimir o comprovante do pedido de matricula, que deverá ser guardado, pois é a sua garantia de pedido de matricula;

O candidato deverá consultar pela internet o seu pedido de matricula ou no Painel do Aluno para saber para qual unidade escolar foi designado;

- Não havendo vagas nas escolas próximas a sua casa, os alunos deverão procurar a Central de Matrícula do seu município, para que sejam designados para uma escola onde o acesso seja facilitado e tenha vaga para o ano escolar pretendido;

- Os alunos deverão comprovar todas as informações preenchidas na ficha de inscrição no ato da efetivação da matrícula. A não comprovação da documentação acarretará em cancelamento da designação;

- Doadores de sangue deverão apresentar documentação que comprove a doação voluntária conforme Lei Estadual Nº 1272 de 9 de janeiro de 1992;

Os alunos com necessidades educacionais especiais deverão identificá-las na ficha, para garantir a prioridade da vaga, devendo apresentar laudo médico no momento da efetivação da matrícula;

- Os alunos designados deverão comparecer até a unidade escolar para assinar o requerimento e efetivar a matrícula dentro dos prazos estabelecidos.

Etapas da Pré-Inscrição:

1ª Etapa - Pedido de Matrícula: Deverá ser feita, via Internet, em casa, no trabalho ou nas salas de informática das escolas estaduais do seu município, nos sites www.matriculadigital.sed.ms.gov.br ou www.sed.ms.gov.br.

2ª Etapa - Designação: O candidato deverá consultar as escolas, a internet ou a Central de Matrículas, para saber para qual unidade escolar foi designado.

3ª Etapa - Matrícula: Precisa ser efetivada na unidade escolar para a qual o candidato foi designado.

Documentos necessários:

- Cópia da certidão de nascimento ou casamento;

- RG para alunos maiores de 18 (dezoito) anos;

- Comprovante de endereço;

- Guia de transferência (se for o caso)

- Histórico Escolar (se for o caso);

- Comprovante de 4 (quatro) últimas doações de sangue entre o período de 2 anos, conforme a lei vigente (se o aluno marcou esta opção de doador de sangue para aluno, pai, mãe ou responsável)

- Carteira de Trabalho, Declaração ou Comprovante de que exerce a jornada diária igual ou superior a 6 (seis) horas de trabalho (se o aluno marcou a opção de “Aluno trabalhador”);

- Para estudantes com necessidades educacionais especiais: apresentar laudo médico e/ou avaliação pedagógica procedida por Núcleo de Educação Especial da Secretaria de Estado de Educação ou relatório de instituição educacional especial devidamente autorizada.